quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Novas tecnologias e o desenvolvimento sustentável em Israel

O Portal Brasil Ambiental disponibiliza a interessante palestra: Novas tecnologias e o desenvolvimento sustentável em Israel, ministrada pela Sra. Tzipora Rimon, Embaixadora de Israel no Brasil, realizada no VIII Green Meeting em Brasília, 2008.

Abaixo é possivel escutar a palestra na íntegra e ler alguns trechos destacados da apresentação:


Israel está localizado em uma das áreas mais áridas do mundo, sendo obrigado a encontrar respostas avançadas para os problemas ambientais a fim de não comprometer seu desenvolvimento.

No setor de irrigação, Israel tem tido um grande desenvolvimento. Diversas empresas produzem e exportam tecnologia de irrigação para o mundo inteiro. A AIDL Sistemas de Irrigação Computadorizada com sensores para solo leves e plantações sensíveis, a Arkal Filtration Systemas com sistemas de filtragem de água para micro irrigação na agricultura e aplicações de águas industriais e comerciais, a Netafim (gotinhas, em hebraico) pioneira na criação e desenvolvimento da tecnologia de irrigação em Israel, “conhecida pela irrigação por gotejamento”, contando com quatro centros de produção e fabricas nos EUA, Austrália, África de Sul, China, Índia e no Brasil.

No campo da dessalinização, Israel tem se destacado. Há uma importante usina sendo construída em Israel para dessalinizar 100 milhões de metros cúbicos por ano, que ira operar usando a moderna tecnologia de osmose reversa, pelo preço mais baixo já obtido em um processo de dessalinização, menos de 5 centavos de dólar por metro cúbico.

Outro fator importante a ser considerado é o reuso de águas anteriormente contaminadas. Tendo em vista que a água não é um bem retornável, e não há expectativas de descoberta de novos mananciais, a tendência é a redução dos recursos hídricos existentes. Sendo assim, a melhor maneira de garantir o suprimento das gerações futuras é o reaproveitamento dos volumes desperdiçados nos mais diferentes usos. A P2W ( Pollution to Water), uma grande empresa israelense, começou a investir em tecnologias que contribuíssem para o tratamento e permitissem o reaproveitamento da água. O próprio nome desta empresa demonstra essa política. P2W significa: “Pollution to Water”, ou seja, “Da Poluição à Água”. Após cinco anos de pesquisas o resultado surgiu, com um sistema pioneiro no tratamento de resíduos industriais líquidos contaminados por metais pesados, sem utilização de nenhum produto químico. Esta é a principal diferença entre a tecnologia oferecida por outras empresas e a patenteada pela empresa israelense.

Em relação a energia geotérmica, há um trabalho pioneiro sendo realizado por uma empresa denominada Ormat Industries. As usinas geotérmicas captam o vapor, calor ou água quente de gêiseres ou águas termais na superfície da terra para a produção de eletricidade. Esta empresa opera 11 usinas em cinco países, produzindo uma energia limpa, confiável, de custo moderado, sem agredir o meio ambiente, fornecendo 360 megawatts de energia para 50.000 pessoas.

Um grande desenvolvimento tem sido feito também no campo da energia solar. A Solel Solar Systems Ltda, uma empresa israelense, desenvolveu componentes de suma importância para uma nova usina de energia solar em Nevada, EUA, que produz 64 megawatts de eletricidade, energia suficiente para sustentar 48.000 lares no Vale de Las Vegas. Israel também busca aumentar suas operações domesticas para energia solar. Em fevereiro de 2008, o governo israelense autorizou a construção de duas usinas de energia solar, ao sul do Deserto de Negev. Estas novas usinas irão fornecer 250 megawatts de eletricidade, o equivalente a 3% do consumo elétrico em Israel. As usinas, junto com os 300 megawatts da força do vento, permitiram a Israel a produção de 600 megawatts de energia renovável até 2011-12.

O projeto denominado “Better Place” (Lugar Melhor) ira fornecer baterias de lítio ionizadas para carros, além da infra-estrutura necessária para recarregá-las ou substituí-las. Uma bateria permitira aos carros viajar 199 quilômetros a cada carga. Este projeto instalará tomadas parecida com parquímetros nas ruas e construira postos de abastecimentos em estradas para substituição de baterias. Para promover esta forma de transporte ambientalmente eficiente, o Governo de Israel cortou os impostos de carros movidos à eletricidade a 10%, para encorajar os consumidores a adquirirem os veículos tão logo estes estejam disponíveis. As vantagens tributarias para veículos elétricos “limpos”, que Israel promete oferecer até pelo menos 2015, farão com que os carros fiquem ainda mais baratos para consumidores do que os carros movidos a gasolina.

“Geração vai e geração vem; mas a terra permanece para sempre...” Esta citação do livro Eclesiastes (1:4) da Bíblia, reflete o cuidado que todas as nações devem ter sempre, para o bem de suas futuras gerações, quando tratamos da importante questão do desenvolvimento sustentável!


Fonte: RIMON, T. Novas tecnologias e o desenvolvimento sustentável em Israel. Green Meeting, 2008


Veja mais sobre:
... ... ... ... ... ... ...

Um comentário:

Anônimo disse...

Solar eneragy is the future for the planet.
[url=http://www.solarcourses.org/]solar courses[/url]

 
Site Meter